Posso gerar energia solar em imóveis antigos?

Desde 2012, quando a ANEEL criou a resolução normativa nº 482 que estabeleceu as condições para a geração distribuída, a possibilidade das pessoas gerarem a própria energia se tornou viável. De lá para cá, inúmeras pessoas instalaram seu próprio sistema de geração de energia em suas residências e a fonte de geração que se destaca nesse formato é a solar fotovoltaica. Dos mais de 10 mil sistemas conectados à rede no Brasil quase 99% são de sistemas solares fotovoltaicos. A explicação para essa representatividade do sistema solar são suas características, que possibilita uma fácil instalação em imóveis já existentes.

Irradiação Solar

Quando o arquiteto ou engenheiro civil for projetar um imóvel que receberá um sistema solar fotovoltaico, ele poderá já estruturar seu projeto para que se tenha as melhores condições de irradiação solar. Já em um imóvel existente, nem sempre as condições serão as ideias. Como há bem pouco tempo a energia solar não era algo viável, os profissionais de engenharia civil e arquitetura não se preocupavam em projetar imóveis para receber um sistema solar fotovoltaico. Ainda hoje, por desconhecimento de muitos profissionais dessa área e até por ser algo recente, diversos projetos acabam não sendo pensados para a geração própria de energia.

Mesmo para imóveis que não foram concebidos para a geração própria de energia, é possível instalar um sistema solar fotovoltaico. Quando for ser analisada a possibilidade de instalar um sistema solar fotovoltaico em um imóvel existente, a primeira coisa que deve ser levada em conta é a orientação dos módulos. A orientação mais indicada é a norte, pois como estamos localizados no hemisfério sul, o sol está ao nosso norte. Porém, os módulos também podem ser instalados para o oeste e leste, com um menor rendimento. Nesses casos o número de módulos será maior do que se o sistema fosse projetado ao norte, aumentando o valor do sistema. Já a orientação sul é a única que não é indicada.

Provavelmente o imóvel terá pelo menos um telhado com uma dessas orientações, cabe ao profissional que for projetar o sistema solar fotovoltaico definir a orientação que trará um maior rendimento do sistema. Também é importante considerar possíveis sombreamentos causados por antenas, chaminés, postes, árvores e outras edificações próximas ao seu imóvel. A incidência de sombra em pelo menos um dos módulos já gera perdas ao sistema solar fotovoltaico. Por isso é importante evitar locais com sombreamento.

Adequações necessárias

Os módulos fotovoltaicos são instalados normalmente nas coberturas dos imóveis, nesses casos deve ser analisada a estrutura do telhado para avaliar se irá resistir a carga aplicada pelo sistema. Se verificado que a estrutura não suportará o peso dos módulos, é necessária a realização de reformas para aumentar a resistência dos caibros.  Também é importante que se tenha telhas reservas para substituição caso alguma telha seja danificada durante a instalação. Quanto ao tipo de telha do seu imóvel não há necessidade de se preocupar, existem soluções para cada tipo de telha.

Se o imóvel for tombado, as alterações devem ser mínimas para não prejudicar as características arquitetônicas. Nesses casos, é necessário verificar junto a prefeitura de sua cidade quais são as restrições. Outro cuidado especial que deve se ter com imóveis antigos é para que a instalação não provoque infiltração, visto que alguns desses imóveis não contam com uma laje impermeabilizada.

Instalações Elétricas

No geral as instalações elétricas não representam um entrave para um sistema solar fotovoltaico, mas em imóveis antigos as instalações elétricas também são muito antigas e dificultam a instalação de um sistema solar fotovoltaico, que necessitam de um circuito elétrico particular. O melhor a se fazer nesses casos é uma revisão das instalações elétricas para garantir que os alimentadores, circuitos, quadros de distribuição e outros elementos atendam às normas técnicas vigentes.

Além dos módulos fotovoltaicos, outro componente do sistema solar que deve ser instalado é o inversor solar. O inversor converte a corrente contínua gerada pelos módulos em corrente alternada, que utilizamos nos equipamentos elétricos. O inversor deve ser instalado em um local arejado e protegido do sol e da chuva. Entre os módulos, o inversor e o quadro de distribuição deve haver espaço para colocação de eletrodutos para acomodar a passagem dos cabos.

Independente das condições de seu imóvel, sempre pode haver alguma possibilidade para a instalação de um sistema solar fotovoltaico. Se você ficou interessado, faça um orçamento gratuito com a Incentive Solar!

Veja algumas das vantagens da Energia Solar Fotovoltaica para residências!

Para saber mais sobre Energia Solar Fotovoltaica, baixe nosso Guia Básico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *