O custo para utilizar energia solar é alto?

Uma das principais barreiras para as empresas investirem na geração própria de energia, através de um sistema solar fotovoltaico é o investimento inicial que deve ser feito para adquirir os equipamentos necessários. Porém, sempre quando se faz um investimento, o que deve ser analisado não é somente o quanto você irá desembolsar inicialmente, mas também qual o retorno que o investimento trará para a empresa. Pensando por esse lado, será que o custo para utilizar energia solar é realmente alto?

O custo inicial

Se você analisar apenas o quanto sua empresa irá desembolsar para adquirir um sistema solar fotovoltaico para atender a demanda atual de energia, possivelmente achará que o custo para utilizar energia solar é realmente alto. No entanto, esse investimento inicial, que pode ser financiado, se paga em poucos anos e traz uma economia enorme para sua empresa no longo prazo. Isso porque sua conta de energia sofre uma redução drástica, já que na fatura de sua empresa será cobrada apenas a taxa de iluminação pública e a demanda ou disponibilidade contratada.

Mas afinal, quanto custa para instalar um sistema solar fotovoltaico na minha empresa? Conforme escrevi no artigo da semana passada, o valor investido depende do seu consumo de energia. Quanto maior o seu consumo, maior será o investimento, mas também a sua economia. A estimativa é que 1 KWp custe em torno de R$ 7.000,00. Esse preço pode variar dependendo do tamanho do sistema, pois um sistema de maior porte pode barganhar por preços menores junto aos fornecedores de equipamentos.

Ou seja, o investimento que será feito depende muito do tamanho de sua empresa e, principalmente, do seu consumo de energia elétrica. Mas se sua empresa possui um alto consumo de energia elétrica e não possui uma tarifa diferenciada, como é o caso de indústrias e empresas com demanda contratada maior ou igual a 500 kW que podem comprar energia do mercado livre por menores preços, a geração própria de energia, através de um sistema solar fotovoltaico, se torna bastante atrativa e com um payback de poucos anos como veremos no próximo item.

O Payback

A geração própria de energia não pode ser vista como uma despesa, mas sim como um investimento, visto que o dinheiro investido para a aquisição de um sistema solar fotovoltaico retornará em poucos anos com a economia que sua empresa terá na fatura de energia elétrica. O payback de um sistema solar fotovoltaico nem sempre é o mesmo, o que define em quanto tempo o dinheiro investido irá retornar é custo por KWp e a tarifa cobrada pela sua concessionária de energia.

Quem determina a tarifa das concessionárias de energia é a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), mas cada concessionária possui sua própria tarifa que é determinada por uma série de fatores. Isso quer dizer, que se você é atendido por uma concessionária que possui uma tarifa mais elevada, seu retorno será ainda mais rápido. Caso esse seja seu caso, invista logo em um sistema solar fotovoltaico para não ter que continuar pagando por essa tarifa elevada.

No geral, o payback fica entorno de 5 a 8 anos. Por exemplo, um hotel com um sistema trifásico, que possui um consumo médio de 3.700 KWh/mês irá investir algo entorno de R$ 220.000,00 para instalar um sistema solar fotovoltaico. Considerando um custo de R$ 7.000,00 por KWp e a tarifa cobrada pela RGE Sul, o tempo de retorno do investimento será de aproximadamente 6 anos. Ou seja, em seis anos o dinheiro investido irá retornar ao bolso do investidor através da economia com a conta de energia elétrica e, a partir disso, toda a economia obtida na conta de energia será lucro.

A economia e o lucro

Para calcular a economia e o lucro obtido por um sistema solar fotovoltaico é utilizado como referência o período de 25 anos, que é o tempo de vida útil mínimo dos módulos fotovoltaicos. Após esse período, os módulos continuam funcionando, mas com uma taxa de aproveitamento menor. Considerando os 25 anos, a economia que sua empresa terá com eletricidade poderá chegar a casa dos milhões. No exemplo retratado a cima, o proprietário do hotel conseguiria com o sistema solar fotovoltaico uma economia superior a R$ 1.400.000,00.

Para calcular o lucro basta subtrair do valor economizado ao longo dos 25 anos pelo valor investido na aquisição de um sistema solar fotovoltaico. No caso do hotel, o lucro seria de R$ 1.200.000,00. Ou seja, um investimento de R$ 220.000,00 gerará um lucro de R$ 1.200.000,00 em 25 anos, quase 450% de lucro. E aí, continua achando alto o custo para utilizar energia solar em sua empresa?

Caro mesmo é continuar pagando a conta de energia para a concessionária

Olhando apenas o desembolso necessário para a aquisição de um sistema solar fotovoltaico, a energia solar pode parecer cara. Caso você considere o retorno do investimento, verá que o custo para utilizar energia solar não é alto. Pelo contrário, caro é continuar pagando a conta de energia para a concessionária que atende sua empresa. Se você não investir na geração própria de energia elétrica na sua empresa, estará entregando de bandeja uma fortuna para a concessionária de energia por algo que sua empresa mesmo poderia produzir. No exemplo demonstrado neste artigo, o hotel entregará mais de R$ 1.000.000,00 para a concessionária de energia, caso não invista em um sistema solar fotovoltaico, sendo que esse dinheiro poderá ser utilizado para novos investimentos no próprio hotel ou para remunerar melhor os seus sócios.

Quer parar de entregar dinheiro para a concessionária de energia? Então faça já um orçamento gratuito com a Incentive Solar!

Veja também as vantagens da Energia Solar Fotovoltaica para empresas no nosso Infográfico!

Para saber mais sobre Energia Solar Fotovoltaica, baixe nosso Guia Básico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *