Aproveite os meses com maior irradiação para investir em energia solar!

O melhor momento para investir em energia solar é o quanto antes você puder. Isso porque a cada mês que você não está gerando sua própria energia, você está perdendo dinheiro. Mas se você começar a gerar energia solar em meses com maior irradiação, sua geração e, consequentemente, sua economia será maior!

Como dito no início do texto, o melhor momento para investir em energia solar é o quanto antes você puder. 

Todo o mês que você não estiver gerando sua própria energia de forma limpa e renovável, você estará entregando seu dinheiro de presente para sua concessionária de energia.

É como a comparação do aluguel e da casa própria. Se você mora em sua casa própria, essa casa já é sua e você não precisa pagar todos os meses para morar nela.

Já se você mora de aluguel, todos os meses você paga um valor para morar em um lugar que não é seu.

O mesmo vale para a energia elétrica. Se você gera sua própria energia, aquela energia é sua e você não precisa ficar pagando por ela todos os meses.

Então, o quanto antes você começar a gerar sua própria energia, mais você vai economizar ao não precisar entregar um valor para sua concessionária de energia por algo que não é seu.

Mas claro, que se você começar a gerar energia solar em meses com maior irradiação, sua geração e, consequentemente, sua economia será maior já nos primeiros meses de funcionamento de seu sistema fotovoltaico.

Por que investir em energia solar em meses com maior irradiação?

A grande vantagem de investir em energia solar nos meses com maior irradiação solar é que esses serão os meses em que você terá a maior produção de energia. 

Aqui no hemisfério sul, os meses de novembro, dezembro, janeiro e fevereiro costumam ser os meses com maior irradiação solar.

Ou seja, se seu sistema começar a funcionar entre esses meses, você vai sentir o impacto da redução na conta de energia muito mais rápido.

Radiação Solar: o que tem a ver com energia solar?

E se seu sistema for bem dimensionado pelo seu nível de consumo atual, o seu sistema irá gerar mais energia nesses meses do que você realmente necessita.

Nesse caso, você irá gerar créditos em kWh da sua concessionária para abater na sua conta em meses com menor irradiação solar.

Como a Incentive Solar faz o dimensionamento

A regra da geração distribuída no Brasil permite que a energia gerada a mais pelo consumidor em determinado mês seja compensada em forma de crédito em kWh por um período de 60 meses.

Isso quer dizer que, caso você gere mais energia do que você consumiu em determinado período, você possui o prazo de 5 anos para utilizar os créditos nos meses de menor geração que consumo.

Aqui na Incentive Solar nós cuidamos para não sub dimensionar seu sistema fotovoltaico e nem super dimensionar.

Até porque não adianta gerar muito mais energia, se você não pretende utilizá-la, já que após os 60 meses você perderá esses créditos.

Portanto, com base no histórico de consumo, ou na previsão de consumo para imóveis novos, dimensionamos o sistema para gerar toda a energia necessária do ano ao longo do período de 12 meses.

Isso quer dizer que, calculamos nosso dimensionamento para que nos meses de maior irradiação você gere mais energia do que consome. E nos meses de menor irradiação, use os créditos dos meses anteriores.

Sendo assim, se você investir em energia solar nos meses de maior irradiação, você já terá créditos para utilizar nos piores meses de geração fotovoltaica.

Então, aproveite a chegada do período de maior irradiação solar no hemisfério sul para investir em energia solar e ter o melhor rendimento de seu sistema fotovoltaico o quanto antes.

Peça um orçamento para a Incentive Solar e comece a gerar sua própria energia o quanto antes para obter uma maior economia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *