Financiamento empresarial: qual a solução ideal para você?

Seja qual for o porte da sua empresa, aproveitar oportunidades e enfrentar desafios para garantir uma vantagem competitiva frente à concorrência é sempre uma necessidade e para isso muitas vezes é preciso recorrer a algum financiamento empresarial.

Algumas perguntas são comuns entre proprietários e gestores de negócios: no que investir para reduzir os custos da operação? como obter uma capacidade de investimento de forma saudável e planejada?

Tudo na verdade diz respeito a solucionar uma equação:

Melhorar o serviço/produto + aumentar a margem de lucro + não se descapitalizar.

É fundamental ter uma solução e uma opção de financiamento.

A solução pode ser algo específico do seu nicho de negócio, porém existem oportunidades que são universais. Uma delas é o investimento em energia solar fotovoltaica, pois promove um impacto imediato na redução da conta de luz, tem um tempo de retorno do investimento de apenas aproximadamente 5 a 6 anos e gera lucro real por mais de duas décadas.

Mas nesse texto vamos detalhar tudo que de mais essencial você precisa saber sobre financiamento empresarial: definição, importância, tipos e linhas disponíveis.

O que é financiamento empresarial

Simplificadamente, um financiamento nada mais é que o ato ou efeito de algo ou alguém fornecer dinheiro ou outra forma de capital a uma pessoa física ou jurídica.

Logo, financiamento empresarial é essa prática aplicada às organizações, sejam elas públicas ou privadas.

Não há diferença na definição conceitual entre um financiamento empresarial e de pessoas físicas. Mas na prática as linhas de créditos ofertadas são variáveis. Isso quer dizer que as taxas de juros, pré-requisitos, tempo de carência, número de parcelas e inclusive a origem do crédito concedido é diferente entre empresas e pessoas.

A importância do financiamento empresarial

Empresas têm à disposição possibilidades especiais de concessão de crédito, pois esse investimento tende a refletir diretamente em criação ou manutenção de empregos, giro da economia como um todo.

Essa oportunidade precisa ser aproveitado, sempre que possível e preciso. O mercado está cada vez mais aberto e para ter destaque as empresas devem apresentar novidades a seus clientes, algo que tenha sentido, gere um benefício e produza valor.

Cativando e fidelizando o público, aumentar a receita é consequência.

Mas atenção: antes de solicitar um empréstimo e realizar um determinado investimento você precisa ter em mente que o impacto dessa ação na rentabilidade do seu negócio tem de ser maior que os custos com juros e demais taxas do crédito recebido.

E não basta ter uma previsão baseada em percepções, tente se certificar através de cálculos ou algum dado concreto. Um passo importante para ter isso é, antes de obter um financiamento empresarial, conhecer todos os tipos e linhas disponíveis.

Os tipos de financiamentos existentes para empresas

Tipos de financiamento empresarial

Quando falamos em financiamento empresarial a tendência é que venha imediatamente em nossas cabeças o empréstimo, mas ele é só uma das modalidades possíveis. Citamos quatro, aqui:

    1. Antecipação de recebíveis: comum no comércio, acontece quando o empresário necessita aumentar rapidamente seu fluxo de caixa. Para isso, recorre à uma instituição financeira que lhe antecipa em dinheiro um valor respectivo a vendas que foram realizadas com pagamento parcelado pelo cliente.
    1. Cheque especial: essa opção dificilmente é aconselhada, pois uma de suas características é a alta taxa de juros. Mas pode ser válida em determinadas circunstâncias emergenciais.
    1. Empréstimo: sua principal funcionalidade é proporcionar que a empresa tenha a capacidade de realizar um investimento que não seria possível com recursos próprios sem gerar uma descapitalização.
  1. Leasing: definido pela legislação brasileira como arrendamento mercantil, em resumo se trata de uma espécie de contrato de locação que possibilita a compra do bem no final da vigência contratual.

Linhas de financiamentos empresariais disponíveis

Desejar fazer um financiamento mas não saber por onde começar? As possibilidades e ofertas do mercado é bem extensa. Bancos públicos e privados, cooperativas de créditos, são muitas as instituições financeiras com linhas de créditos para empresas.

Vale reforçar que dependendo do seu porte, segmento e outros fatores, variam as opções.

Mas para ajudar você a começar sua pesquisa, aconselhamos conhecer melhor as seguintes linhas de financiamentos empresariais:

    • BNDES FINEM: uma linha direcionada para a indústria de médio e grande porte, com créditos disponíveis a partir de R$ 10 milhões.
    • BNDES MPME Inovadora: voltada para micro, pequenas e médias empresas, que faturam anualmente até R$ 90 milhões.
  • INOVACRED: criado pela FINEP, disponibiliza recursos para inovação ou aprimoramento de processos.

Uma dica interessante é procurar em bancos regionais: BADESUL, BRDE, Desenbahia, Desenvolve SP, Banco do Nordeste, Banco da Amazônica, entre outros.

Energia solar financiada: economia imediata, lucro por décadas

No início do texto, comentamos que o financiamento é o que viabiliza uma solução e citamos a energia solar. Afinal, o que tem a ver e porque investir em um sistema fotovoltaico pode fazer a diferença na sua empresa?

Geralmente ouvimos falar da energia solar pelo seu impacto positivo no meio ambiente, e é verdade. Uma fonte limpa e inesgotável de energia que evita emissão de gás carbônico, e inclusive o desperdício de água. Isso é muito legal e inclusive é importante para que seus clientes saibam que sua empresa é ambientalmente responsável.

Mas a vantagem principal da energia solar é econômica!

A energia solar é um investimento que tem potencial de gerar resultados muito superiores a outras aplicações e investimentos mais tradicionais que você possa fazer em sua empresa. Ainda mais se a sua conta de energia tiver um custo elevado.

A conta de energia reduz em até 95% logo no primeiro mês após a instalação. E esse alívio no fluxo de caixa pode ser aproveitado para você atrair melhor seus clientes e aumentar sua margem de lucro.

Outro detalhe muito importante é que existem linhas de financiamentos específicas para energia solar com juros abaixo do praticado no mercado. Ou seja: você pode ter uma solução que melhore suas economias hoje, gere um lucro real por décadas e que não precisa ter uma grande contrapartida financeira inicial. Perfeito, não é?

Abaixo, indicamos as principais linhas de financiamento empresarial para energia solar disponíveis atualmente.

As 3 melhores opções de financiamento empresarial para energia solar

Separamos as melhores opções de financiamento empresarial para energia solar e que a própria Incentive Solar oferece aos seus clientes.

São eles o Finame Energias Renováveis do BNDES, o PROGER do Banco do Brasil e o Fundo da Aliança Francesa de Desenvolvimento captado pelo BRDE. A seguir apresentamos cada uma das opções de financiamento e suas condições.

Finame Energias Renováveis do BNDES

O Finame Energias Renováveis, oferecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, é uma das melhores opções de financiamento para empresas que desejam investir em energia solar fotovoltaica.

A linha permite que você adquira sistemas de energia solar e eólica e aquecedores solares, além de incluir instalação e capital de giro associado. Ou seja, com essa linha de financiamento você pode adquirir os equipamentos e também pagar todos os demais serviços associados.

A taxa de juros dessa linha é composta pelo custo financeiro, a taxa do BNDES de apenas 1,05% ao ano e a taxa do agente financeiro que irá repassar o crédito. Considerando o spread médio dos repassadores de crédito no BNDES Finame, a taxa final é de, aproximadamente, 1,3% ao mês para as Micro, Pequenas e Médias Empresas.

A única desvantagem do Finame é que só pode ser utilizado para compra de equipamentos nacionalizados, que acabam sendo mais caros e com menor rendimento. Mas ainda assim é uma excelente opção para que você não precise tirar dinheiro do bolso.

Proger do Banco do Brasil

Para empresas que possuem conta no Banco do Brasil, uma ótima opção é o Proger Urbano Empresarial. Essa linha pode ser utilizada para reforma das instalações da empresa, ou para compra de máquinas, equipamentos e veículos automotores. O sistema fotovoltaico também pode ser adquirido com essa linha.

A linha financia até 80% do projeto e até 20% do valor do financiamento pode ser utilizado como capital de giro. O prazo de pagamento é de até 72 meses para o financiamento e de até 36 para o capital de giro. Ou seja, você pode adquirir os equipamentos e utilizar o capital de giro para as despesas com projeto e instalação do seu sistema fotovoltaico.

Além disso, há possibilidade de 12 meses de carência e as taxas variam de acordo com o relacionamento com o banco, mas ficam em torno de 0,93% ao mês. Para acessar essa linha a empresa deve faturar até R$ 10 milhões por ano e o valor máximo a ser financiado é de R$ 1 milhão.

Fundo da Aliança Francesa de Desenvolvimento

Outra linha de financiamento que a Incentive Solar oferece aos seus clientes é o fundo da Aliança Francesa de Desenvolvimento, captado junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).  Esse fundo é destinado exclusivamente para serem investidos em projetos voltados à produção e consumo sustentáveis, incluindo projetos de energia solar fotovoltaica.

Essa linha de financiamento é uma excelente opção para as empresas e possui taxas de juros bastante atrativas. Além disso, a linha pode ser utilizada para a compra de equipamentos importados.

A Incentive Solar oferece essa linha de financiamento graças há uma parceria desenvolvida em conjunto com o BRDE para ser uma repassadora credenciada das linhas de financiamento disponibilizadas pelo Banco de Desenvolvimento.

Quer saber mais sobre Energia Solar para Empresas? Baixe agora mesmo nosso eBook e tire suas principais dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *