Pular para o conteúdo

Erros de instalação: Tudo o que não fazer em uma instalação fotovoltaica!

Nós da Incentive Solar fomos contratados para fazer uma vistoria técnica em um sistema fotovoltaico, instalado por uma outra empresa de energia solar, que não estava gerando a energia esperada. Chegando lá encontramos uma série de erros  de instalação, que vamos compartilhar para que você cuide na hora de contratar sua integradora.

No mês de julho fomos contatados por um hospital no interior do Rio Grande do Sul, que havia chegado até nós por meio de uma indicação de um parceiro da nossa empresa.

Eles haviam instalado um sistema fotovoltaico com uma empresa de energia solar de certa relevância aqui no estado.

Porém, os resultados obtidos não eram aqueles que a própria empresa de energia solar havia prometido na hora da venda.

Mas não tinha como ser diferente, quando realizamos a vistoria técnica encontramos uma série de erros básicos que não imaginávamos ser possível cometer, ainda mais por uma integradora como a que realizou o serviço.

Por razões éticas não vamos divulgar qual era empresa que recebeu o sistema e nem a que realizou a instalação, mas confira os principais erros que detectamos.

1. Jamais terceirize a instalação

O primeiro erro já começou quando descobrimos que a empresa que vendeu o sistema subcontratou outra empresa da região para realizar a instalação.

Acredito que essa ação tenha sido feita com o intuito de diminuir os custos, visto que a outra empresa teria menor custo de deslocamento já que estava mais próxima do cliente final.

Porém, ao terceirizar a instalação a empresa perde o controle de qualidade do instalação. E ainda ocorre a tradicional desculpa de que a responsabilidade não é minha e sim do outro.

Por isso, sempre se certifique que a empresa que vai realizar a instalação do seu sistema fotovoltaico possui uma equipe de instalação capacitada. E que qualquer problema, que por ventura ocorra, você poderá cobrar de quem você contratou e não de um terceiro.

2. Trilhos instalados fora da especificação do contratante

Outro erro de instalação encontrado nesse sistema foi que a instalação dos trilhos onde são fixados os módulos não respeitam as instruções do fabricante.

Os trilhos correspondem às estruturas que irão receber e fixar os painéis solares em uma posição específica, de modo a mantê-los imóveis e na orientação correta prevista em projeto.

Erros de Instalação: Trilhos instalados fora da especificação do contratante.

Trilhos de fixação não respeitando as instruções do fabricante. Como podemos ver nessa foto, um trilho está na extremidade de baixo da placa, corretamente, porém o outro no meio da placa, o que deixa uma grande margem para oscilações conforme o vento da região.

Ao não respeitar as instruções do fabricante, corre-se o risco das oscilações dos ventos da região prejudicar ou até causar danos permanentes ao sistema fotovoltaico.

3. Baixa inclinação dos Módulos

Sempre falamos que um sistema fotovoltaico necessita de pouca manutenção e limpeza, visto que a própria água da chuva ajuda na sua limpeza.

Porém, se os módulos estiverem com pouca inclinação, além de reduzir sua geração por não estar na melhor angulação, também prejudicam que precipitações naturais possam fazer uma limpeza leve dos módulos.

Com painéis instalados com uma inclinação de apenas 4,5º, encontramos muito acúmulo de sujeira nos módulos, apesar de ser um sistema relativamente novo.

Erros de Instalação: Baixa inclinação dos módulos.

Baixa inclinação dos módulos (4,5°), que além de diminuir a geração, provoca acumulação de sujeira nas bordas dos módulos quando chove.

4. Pontos com sombreamento parcial e total de módulos

Outro erro de instalação que verificamos nesse caso, e que também vemos muito em outras instalações, são os módulos instalados em áreas com sombreamento.

Quando os módulos são instalados em áreas com sombras, há perda de energia parcial ou total em determinadas células. 

Erros de Instalação: Pontos com sombreamento.

Vários pontos de sombreamento parciais e em alguns pontos sombreamentos totais.

Como os módulos são conectados em série, a corrente será limitada pelos módulos que estão sendo sombreados, reduzindo a geração de energia do conjunto como um todo.

5. Módulos desconectados do inversor

O principal erro que encontramos e que nos deixou muito surpresos foi que cerca de 40 módulos do sistema fotovoltaico não estavam conectados ao inversor.

Erros de instalação: Módulos desconectados.

Módulos são os que estavam desconectados do inversor, ou seja, sem geral energia alguma.

Durante a vistoria já realizamos a conexão dos módulos que estavam desconectados e instantaneamente o sistema teve um grande acréscimo de geração.

Porém, é muito estranho algo desse tipo acontecer, visto que sempre no final de uma instalação a equipe de instalação verifica as conexões e quanto de energia os módulos estão mandando para os inversores.

Outros erros e cuidados ao contratar um empresa de energia solar

Além desses erros de instalação, encontramos mais outros erros mais técnicos e que não vem ao caso agora.

Mas é importante que antes de contratar qualquer empresa de energia solar, você se certifique que ela possui uma equipe de instalação treinada e capacitada.

Peça para olhar alguma instalação já realizada ou investigue no próprio site da empresa alguma das instalações já realizadas por elas. Por mais que você não entenda muitos aspectos técnicos, algumas coisas, como módulos instalados em áreas com sombras, são possíveis de detectar.

E não esqueça de solicitar uma proposta com quem tem uma equipe capacitada e toma todos os cuidados para que a instalação seja bem feita para que seu sistema possa gerar a energia que você precisa!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *