Competitividade empresarial

A competitividade empresarial garante sucesso e longevidade para as empresas, mas como garantir uma vantagem competitiva no mercado? É a dúvida de 9 em cada 10 empresários. Nesse texto, explicamos desde a definição e os conceitos básicos do tema até dicas reais para você aplicar a partir de hoje no seu negócio.

 

Se você é empresário ou está a frente de um negócio sabe que manter seu negócio gerando resultados e satisfazendo seus clientes é um desafio diário. Não se pode relaxar e achar que porque seu negócio está bem agora, que você não precisa inovar e gerar novos negócios. Quem fica parado acaba ficando para trás, pois o mercado está cada vez mais competitivo.

 

Mas isso você já deve saber, a pergunta que você deve estar querendo a resposta é como tornar sua empresa mais competitiva. Nesse artigo iremos apresentar algumas formas para você ser mais competitivo em seu ramo de atuação. Mas antes vamos explicar o que é competitividade empresarial.

 

O que é competitividade empresarial

 

Competitividade empresarial é um conjunto de ações que as empresas implementam em seus negócios visando potencializar seus resultados e fazer com que sejam líderes em seu ramo de atuação.

 

Muitas vezes associamos competitividade empresarial com grandes empresas, como as multinacionais. Mas ser competitivo é um fator ainda mais importante para as pequenas e médias empresas, que devem buscar fazer mais com menos recursos para competir com os grandes players do mercado.

 

Ser uma empresa competitiva significa obter uma rentabilidade superior à de seus concorrentes. Para isso, você deve buscar satisfazer as necessidades de seus clientes fazendo o uso de menores investimentos.

 

A fórmula da competitividade

 

Existem diversos caminhos e pontos importantes a se considerar para adquirir uma vantagem competitiva frente ao mercado em favor de sua empresa, e neste texto apresentaremos dicas fundamentais nesse sentido.

 

No entanto, aqui, é interessante destacar uma fórmula que resume a essência do que é e como ser competitivo no mundo dos negócios:

 

Operação eficaz + Reputação = Competitividade empresarial.

 

Ou seja, o primeiro passo é garantir que os procedimentos básicos da sua empresa estão sendo cumpridos com excelência, como por exemplo ter uma equipe treinada e satisfeita, ou então maquinários que atuam com uma boa performance.

 

Garantindo uma operação eficaz é hora de fazer todos os esforços possíveis para que sua empresa seja vista, reconhecida e admirada por seus possíveis clientes. Uma reputação forte é construída com o tempo, por isso consistência é uma regra.

 

Unindo esses dois fatores, sua empresa será forte e competitiva!

 

O atual cenário brasileiro

 

O Brasil vive em um período de recessão econômica nos últimos anos e isso prejudica ainda mais a competitividade das empresas locais. O desemprego, a baixa produtividade no trabalho e o alto custo da mão de obra fazem com que se tornar competitivo fique ainda mais difícil.

 

Porém, não se pode culpar apenas o ambiente externo pela falta de competitividade de algumas empresas, a má gestão também é responsável por muitos do problemas de um negócio.

 

Em um ambiente de recessão econômica, gerir bem sua empresa e ter um planejamento estratégico eficiente acaba sendo ainda mais vital. Por isso, você deve ser ainda mais assertivo nos seus investimentos para se manter competitivo dentro desse cenário.

 

Como ser competitivo no mercado?

 

Agora que você já sabe o que é competitividade empresarial e qual o cenário onde nos encontramos, temos que saber o que podemos fazer para nos manter competitivo. Por isso, preparamos 7 dicas para sua empresa sem mais competitiva no mercado. Vamos a elas.

 

1. Conheça seu mercado

 

A primeira dica que podemos dar para você tornar seu negócio mais competitivo é buscar conhecer melhor seu mercado. Uma empresa que não conhece seu mercado já perdeu boa parte de sua competitividade empresarial.

 

Pesquisar sobre seus concorrentes e o que eles estão fazendo para atrair os mesmos clientes que você é um passo importante. Se você já possui essas informações, o próximo passo é compreender para onde o seu mercado está indo e qual o seu futuro. Acompanhar tendências, participar de eventos, estar presente nos principais acontecimentos que impactam seu nicho e empresa é fundamental.

 

2. Se concentre no que realmente importa

 

Para ser uma empresa competitiva você deve definir prioridades que garantam três coisas: a oferta de um produto ou serviço de qualidade, um custo baixo e, por fim, a satisfação do cliente.Tudo que você faça na sua empresa que não te traga uma dessas vantagens deve ser reavaliado.

 

3. Conheça sua empresa

 

Além de conhecer o mercado em que você atua, você deve conhecer também sua empresa. Muitos empresários e executivos estão tão preocupados com o mercado externo que acabam se esquecendo de cuidar da própria casa.

 

O ambiente interno deve ser uma das maiores preocupações de um empresário para conseguir ter competitividade empresarial. Não adianta ter planos e metas se sua equipe não conseguir executá-las.

 

Para isso você deve ter pessoas certas nos lugares certos. Isso quer dizer que não adianta ter os melhores funcionários se eles não estejam nas áreas que podem render melhor. Saiba contratar os melhores profissionais para cada área de sua empresa e lidere para que eles possam gerar os melhores resultados.

 

4. Tenha um produto único

 

Qual o seu produto? No que ele se difere do produto da concorrência? Se você não sabe porque seu produto é melhor que o da concorrência alguma coisa está errada.

 

Para que as pessoas escolham seu produto, ao invés do da concorrência, você não pode vender exatamente a mesma coisa, pois assim você não terá vantagem competitiva. Seu produto deve ser único e especial.

 

Se você não consegue oferecer um produto superior, você pode tentar se diferenciar no serviço. As pessoas pagam mais por comodidade e por um atendimento diferenciado. Oferecer algo a mais que as outras empresas fará você aumentar sua competitividade empresarial.

 

5. Busque parcerias

 

Se sua empresa tem dificuldade de realizar investimentos para aumentar sua gama de produtos e serviços ou de atingir um público maior, busque por parcerias. Assim você poderá crescer e ter um diferencial sem a necessidade de grandes investimentos.

 

Buscar por empresas de um segmento diferente do seu e que possuem um benefício complementar ao de seu produto ou serviço pode ser uma estratégia interessante para aumentar sua competitividade empresarial.

 

6. Gere novos negócios

 

Um risco que toda empresa sofre é se acomodar oferecendo sempre os mesmos produtos e serviços da mesma forma. Pois a qualquer momento pode vir outra empresa e oferecer o mesmo produto de forma diferente e conquistar seus clientes.

 

Por isso você deve estar sempre atento a como diversificar seu negócio, oferecendo as melhores condições para seus clientes. Mesmo que um novo produto ou serviço atrapalhe as vendas de um produto antigo é melhor que você o venda do que um concorrente.

 

7. Invista no que realmente dê retorno

 

Obter competitividade empresarial não está relacionado a apenas reduzir seus custos, se você não realizar investimentos ficará para trás. Mas não quer dizer que você deva sair investindo em tudo que você acredite ser importante para seu negócio, mas sim naquilo que dê retorno financeiro para sua empresa.

 

Existem diversos investimentos que você pode fazer em sua empresa. Alguns não trarão resultados, outros até te darão um resultado, mas não o suficiente para compensar o investimento realizado e outros podem te dar excelentes retornos.

 

Invista naquilo que você tenha certeza que te dará resultado e que você saiba qual será o resultado. Por exemplo, investir em marketing é importante para divulgar seu produto ou serviço. Mas existem veículos que não te trarão os resultados esperado, ou você não conseguirá mensurá-los.

 

Um investimento que é garantia de retorno financeiro, por exemplo, é a energia solar.

 

Investir em um sistema fotovoltaico é a garantia que você terá o dinheiro investido em poucos anos e ainda aliviará seus custos mensais com energia elétrica.  

 

Conheça o caso da Cidrelar, que investiu em um sistema fotovoltaico em sua unidade e vai economizar R$ 1 milhão em energia elétrica.

Saiba tudo sobre energia solar

 

A energia solar além de reduzir seus custos mensais com energia elétrica, ainda pode ser utilizado como um diferencial competitivo em seu negócio para atrair ainda mais clientes.

 

Os consumidores estão cada vez mais preocupados com as questões ambientais e preferem empresas ambientalmente conscientes. Investir em uma fonte de energia limpa e renovável fará sua empresa a contribuir com um mundo mais sustentável e também com o seu bolso.

 

Baixe nosso eBook Energia Solar para Empresas e conheça as vantagens de gerar a própria energia em seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *