Pular para o conteúdo

Como economizar com filhos em casa?

Antigamente, ter filhos representava ter mais pessoas para ajudar nas lidas de casa e nas atividades do campo. Hoje, filhos significam mais despesas para a sua família. Porém, nem tudo precisa ser tão caro. Confira neste artigo como economizar com filhos em casa.

Ter filhos e dar uma vida boa para eles custa dinheiro. E no período de férias escolares, as despesas podem ter um aumento considerável.

Veja também: Despesas mensais: quais são os vilões em sua casa?

Por isso, neste artigo separamos algumas dicas de como economizar dinheiro com os filhos em casa para oferecer uma vida boa para eles sem precisar prejudicar suas finanças pessoais. 

1. Festas de aniversário mais em conta para economizar com filhos em casa!

O aniversário da criança é um grande momento para ela, mas isso não significa que você precisa dar uma festança e gastar muito dinheiro para fazer a felicidade do seu filho.

Ainda mais quando eles são muito novos, uma festa de 1 ano pode ser algo mais simples ou até uma pequena viagem em família. Provavelmente, seu filho nem lembrará dessa festa quando for mais velho.

Quando elas crescerem irão querer fazer festas, mas seja criativo e faça com que eles tenham diversão sem gastar muito dinheiro. Para uma criança, mais importante do quanto dinheiro você vai gastar em uma festa é estar com seus amigos em um ambiente divertido.

2. Roupas emprestadas e brechós para economizar com filhos em casa

Outra grande despesa que se tem com filhos é com roupas, já que é necessário sempre renovar o roupeiro deles devido ao crescimento das crianças.

Mas isso não significa que vocês precisam ir em uma loja no shopping da sua cidade toda vez que as roupas dos seus filhos não estiverem mais servindo.

Se você tem familiares, amigos ou vizinhos com filhos pequenos, uma boa estratégia é aproveitar as roupas das outras crianças. Utilizar as roupas das crianças mais velhas em seus filhos e emprestar as que não servem mais dos seus filhos para as crianças menores.

Caso não tenha muitas crianças em seu ambiente de convívio, os brechós de roupas usadas também são uma ótima alternativa. Compre algumas peças de roupas no brechó mais perto de sua casa e venda aquelas peças dos seus filhos que não sirvam mais neles.

3. Vá ao mercado sem seus filhos

Ir ao mercado é uma tentação até para nós adultos. Lá encontramos tantas coisas que nem sabíamos que existiam e que achamos que não conseguiremos mais viver sem. Imagina então uma criança.

Por isso uma boa dica é evitar levar as crianças ao mercado para evitar que você acabe pegando coisas que não precisa apenas para agradá-los.

Caso você não tenha com quem deixá-los no momento de ir ao mercado, o eduque bem para mostrar que eles não podem ter tudo que querem e evitar birras em pleno supermercado lotado.

4. Brinquedos mais divertidos não são os mais caros

Muitas vezes queremos dar tudo do bom e do melhor para nossos filhos, o videogame de última geração, um boneco que acabou de ser lançado ou aquele joguinho que todos os colegas já tem.

Mas nem sempre os brinquedos mais caros são necessariamente os mais divertidos. Incentive seu filho a realizar brincadeiras mais saudáveis e mais baratas como a prática de esportes e o bom e velho pic-esconde.

Brinquedos antigos que faziam sua infância mais divertida também podem ser apresentados para seu filho. Você vai se surpreender ao ver que mesmo com tantas inovações tecnológicas, algumas brincadeiras do seu tempo ainda fazem a diversão das crianças de hoje. 

5. Jogos eletrônicos e a energia elétrica

Claro que você não vai conseguir evitar o uso do computador, celular e jogos eletrônicos por parte do seu filho, mesmo incentivando as demais brincadeiras.


Como economizar com filhos em casa: diminua o uso de jogos eletrônicos
Uso de jogos eletrônicos aumentam o consumo de energia da sua casa!

Quanto mais ele se entreter com diferentes brincadeiras, menos será o tempo que seu filho ficará na frente do computador e do videogame diminuindo o consumo de energia elétrica de sua casa.

Além, que seu filho ficar muito tempo só dentro de casa o consumo do ar-condicionado e de outros equipamentos elétricos devem subir mais ainda.

Por isso, além da questão da saúde do seu filho, você também deve evitar que ele use muitos equipamentos elétricos para a saúde do seu bolso também.

Mas caso você não consiga diminuir o consumo de energia com seus filhos em casa, uma ótima alternativa é investir em energia solar. Saiba mais baixando a nossa Cartilha da Energia Solar agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *