Pular para o conteúdo

Geração de energia longe da carga: conheça o autoconsumo remoto!

Você sabia que não é necessário instalar o sistema fotovoltaico no mesmo local onde a energia será compensada? Conheça o autoconsumo remoto, uma das modalidades da geração distribuída mais disseminadas no Brasil. 

A energia solar ainda é uma tecnologia recente no Brasil, sua utilização passou a ser mais comum a partir de 2012 com a resolução normativa nº 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Geração Distribuída: Saiba tudo sobre essa modalidade!

A REN 482 passou a regular a geração distribuída e criou o sistema de compensação de créditos de energia. Com isso, a energia solar se tornou um investimento atrativo para muitos brasileiros.

Porém, por ser uma tecnologia pouco disseminada ainda há muitas dúvidas por parte das pessoas. E uma delas é pensar que o sistema fotovoltaico só poderá abastecer a residência ou empresa onde ela estiver instalada.

Mas isso não é verdade. Conheça a geração de energia longe da carga, ou como é mais conhecida, autoconsumo remoto.

Autoconsumo remoto: gerando energia para mais unidades

Na REN 482/2012 e na sua revisão, a REN 687/2015, foram criadas algumas modalidades para a geração distribuída.

Entre elas estão a geração em múltiplas unidades consumidoras, conhecida como geração em condomínios, a geração compartilhada e o autoconsumo remoto.

Dentre essas modalidades, o autoconsumo remoto é o mais disseminado, pois facilita muito para aquelas pessoas e empresas que possuem mais de uma unidade consumidora em seu nome.

O autoconsumo remoto permite que você instale o sistema fotovoltaico no telhado de uma determinada unidade consumidora e utilize essa mesma energia para abater as contas de outras unidades que também estejam em seu nome.

Assim, uma pessoa que possui uma casa na praia e tenha um apartamento em sua cidade natal pode instalar um sistema na sua casa de veraneio e utilizar os créditos também em sua residência.

Para empresas isso também é bastante utilizado. Uma companhia pode instalar o sistema em sua matriz e utilizar os créditos excedentes também em suas filiais.

Ou seja, não é necessário ter um sistema em cada uma das suas unidades consumidoras. Com uma unidade apenas com área disponível, você ou sua empresa podem ter a geração para todas suas unidades.

Questões técnicas e legais do autoconsumo remoto

A única coisa que as pessoas e empresas devem se atentar é que o autoconsumo remoto deve ser para unidades consumidoras que estejam registradas no mesmo CPF ou CNPJ e também se encontrem na mesma área de concessão.

Ou seja, as residências ou empreendimentos que vão utilizar a energia devem ser atendidas pela mesma concessionária de energia. Não é possível instalar um sistema em uma área de concessão e utilizá-la em uma unidade que seja atendida por outra concessionária de energia.

Sobre a questão da titularidade, muitas vezes as unidades consumidoras estão registrada em nome de pessoas diferentes.

Porém, basta trocar a titularidade na própria concessionária e depois será possível abater todas essas contas.

Muitas vezes a pessoa quer instalar um sistema na sua casa e utilizar a energia para abater a conta da residência de um irmão, filho, entre outros. Para isso basta colocar todas as contas de energia em seu nome que isso será possível.

Em empresas, normalmente a matriz e filiais tem CNPJs com finais diferentes. Porém, nesse caso é permitido já que são consideradas a mesma empresa. 

O Case Mercado Dois Amigos

Aqui na Incentive Solar temos vários casos de instalações com autoconsumo remoto. Vamos contar alguns deles para vocês.

Um caso bem emblemático que tivemos foi do Mercado Dois Amigos em Três Cachoeiras/RS. O cliente gostaria de instalar um sistema para atender o consumo de energia do mercado, mas o telhado não possuía espaço para todo o sistema necessário.

Como o cliente tinha uma propriedade rural no mesmo município, sugerimos instalar o sistema de solo na localidade para atender o consumo do mercado.

Autoconsumo remoto: economia na conta de luz!
Conta de luz antes e depois da energia solar!

Passamos a titularidade daquela área para o mercado e instalamos uma usina solar, que abastece a residência que tem na propriedade rural dele e a maior parte abastece o mercado.

Assim o cliente conseguiu gerar toda a energia para o mercado, mesmo com o problema de não possuir área disponível em seu telhado.

Autoconsumo remoto para as lojas Redemac Bommag

Outro caso é o das Lojas Redemac Bommag de Torres. A Redemac Bommag possui duas unidades no município de Torres. Uma localizada no centro da cidade e outra na praia de Itapeva.

A loja do centro possuía um consumo de energia bem maior que o da loja de Itapeva, mas tinha uma área de telhado menor.

A solução encontrada por nós foi instalar o máximo que podíamos na loja do centro para atender a própria unidade consumidora.

Autoconsumo remoto: Redemac Torres
Sistema fotovoltaico Redemac Bommag – Centro

Já na loja de Itapeva, que possuía uma área maior, instalamos um sistema maior para atender tanto a própria unidade consumidora quanto para gerar a energia que faltava na loja do centro.

Autoconsumo remoto: Redemac Itapeva
Sistema fotovoltaico Redemac Bommag – Itapeva

Assim, através do autoconsumo remoto da unidade de Itapeva conseguimos gerar energia para atender o consumo de energia das duas lojas e gerar uma economia de mais de 90% para nosso cliente.

Autoconsumo para arrendamento de usinas

Também utilizando da modalidade de autoconsumo remoto, encontramos um investidor para construir uma usina em uma área rural no Bairro Lami em Porto Alegre.

O investidor irá bancar toda a construção da usina e irá arrendar a usina para um restaurante no bairro Moinhos de Vento, também na capital gaúcha.

Autoconsumo remoto com arrendamento de sistema
Usina do Lami para atender restaurante de Porto Alegre!

Para viabilizar tecnicamente esse projeto, foi criada uma nova unidade consumidora onde está sendo construída a usina no nome do investidor, mas que será alugada para o restaurante que irá utilizar a energia gerada.

Assim, o investidor irá garantir uma receita recorrente com o arrendamento da usina e o restaurante terá uma economia em sua conta de energia, sem necessidade de investimento. Todos saem ganhando com uma geração de energia limpa e renovável.

Peça uma simulação para a Incentive Solar para gerar energia para todas suas unidades consumidoras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *